English

Notícias

Notícias

30|06|2010 - 15h23Coppe propõe usina de biodiesel em Copacabana

Copacabana concentra maior número de hotéis e restaurantes para uso de resíduos
Copacabana concentra maior número de hotéis e restaurantes para uso de resíduos.

Coleta seletiva de óleo e usina produziria 250 litros de biodiesel a cada duas horas. Fonte: Ambiente Energia

Fazer a coleta seletiva de óleo de soja e instalar uma pequena usina de produção de biodiesel em Copacabana, no Rio de Janeiro. Está é a proposta de estudo desenvolvido pela Coppe/UFRJ, que ganhou prêmio do Programa de Meio Ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU). O estudo mostra o potencial ambiental e socioeconômico de instalação de uma unidade-piloto de biodiesel neste bairro da Zona Sul que concentra o maior número hotéis e restaurantes na cidade, segundo informação do portal Planeta Coppe.

Coordenado pelo professor Rogério Valle, do Laboratório de Sistemas Avançados de Gestão da Produção (Sage) da Coppe, o estudo consultou chefes de cozinha dos 70 hotéis e 120 restaurantes e bares do bairro carioca. Segundo os pesquisadores, grande parte dos 130 mil litros de óleo de soja gerados anualmente por esses estabelecimentos são desperdiçados ao serem lançados diretamente na rede de esgotos.

O estudo utilizou a metodologia de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), que analisa o produto desde a extração da matéria-prima necessária à sua fabricação até o destino final. Para elaborar o modelo, a pesquisa adotou dados da planta-piloto do laboratório do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais (Ivig), da Coppe, com capacidade de produção de 250 litros de biodiesel a cada duas horas. Hoje a usina piloto tem capacidade de produzir 25 mil litros por dia.


Notícias relacionadas

Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE)

Integra o Centro de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) | Campinas-SP
Telefone: +55 (19) 3512-1010 | Fax: +55 (19) 3518-3104