English

Notícias

Notícias

18|06|2009 - 17h47Casca de banana produz etanol

Projeto industrial de alunos da FEI mostra que 10 mil quilos de cascas por hora gerariam aproximadamente 2.115 litros de etanol

Fonte: Portal Agro - Globo Rural

Durante os testes de laboratório do projeto ‘Obtenção de Etanol a partir de Casca de Banana’, o grupo conseguiu o etanol por meio de fermentação. Com aproximadamente um quilo de cascas, o teor foi de 10% a 15%, com um rendimento entre 127 e 190 ml.

Os formandos também desenvolveram um projeto completo para a produção em escala industrial.A utilização de 10 mil quilos de cascas por hora gera capacidade de produção de aproximadamente 2.115 litros por hora. Em um ano, a empresa pode alcançar 16,8 milhões de litros (14.033 toneladas do produto).

De acordo com o grupo, o custo do investimento é de 9,5 milhões de reais e inclui equipamentos como difusor, caldeira, dornas, trocadores de calor torre de resfriamento e colunas de destilação. “A ideia de produzir etanol a partir da casca de banana surgiu devido à importância mundial do biocombustível”, justifica a formanda Nathália Chizzolini, ao adiantar que o bagaço extraído da fruta pode ser utilizado para queima ou como adubo.

“A pesquisa é também uma opção futura para a redução do uso de combustíveis derivados do petróleo”, sugere.
Outro projeto da FEI refere-se à produção de biogás desenvolvido a partir de esterco bovino e resíduos que contêm glicerina como matéria-prima. Os alunos utilizaram como exemplo uma fazenda, localizada em Mococa, São Paulo, com 70 cabeças de gado e uma necessidade energética diária de 315 kWh.

 

Com o volume de esterco gerado pelo rebanho, e considerando a eficiência do conjunto motor/gerador de 30%, o novo modelo é capaz de fornecer 190 kWh por dia, que equivale a 60% da energia necessária para a fazenda.

Alunos do Centro Universitário da FEI, em São Paulo, descobriram na casca da banana – a fruta tropical mais popular do mundo – uma alternativa viável para a produção de etanol. Uma outra descoberta que os estudantes acabam de fazer é o desenvolvimento de biogás a partir da mistura de esterco bovino e resíduos orgânicos contendo glicerina.


Notícias relacionadas

Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE)

Integra o Centro de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) | Campinas-SP
Telefone: +55 (19) 3512-1010 | Fax: +55 (19) 3518-3104